18 julho 2007

O nosso jardim!


Prefácio
Quem é Gaia? O que ela é? O que é a casca fina de terra e água entre o interior incandescente da Terra e a atmosfera que a circunda. O "quem'' é o tecido interagente de organismos vivos que, por mais de 4 bilhões de anos, veio a habitá-la. A combinação do "que" com o "quem'', bem como a forma como cada um continuamente afeta o outro, foi apropriadamente chamada de "Gaia''. Trata-se, como diz James Lovelock, de uma metáfora para a Terra viva. A deusa grega de quem o termo deriva deve estar orgulhosa da aplicação dada ao seu nome. A idéia de que a Terra está, nesse sentido metafórico, viva tem uma longa história. Deuses e deusas eram vistos como corporificações de elementos específicos, variando do céu à fonte mais próxima, e a idéia de que a própria Terra estava viva aflorou regularmente na filosofia grega. Leonardo da Vinci viu o corpo humano como o microcosmo da Terra, e a Terra como o macrocosmo do corpo humano. Ele não sabia como nós que o corpo humano é um macrocosmo dos elementos minúsculos de vida - bactérias, parasitas, vírus -, muitas vezes em guerra entre si, e juntos constituindo mais do que as células de nosso corpo. Giordano Bruno foi queimado na fogueira, mais de quatrocentos anos atrás, por sustentar que a Terra estava viva, e que outros planetas também poderiam estar. O geólogo James Hutton viu a Terra como um sistema auto-regulador, em 1785, e T. H. Huxley a percebeu da mesma forma em 1877. Já Vladimir lvanovitch Vernadsky viu o funcionamento da biosfera como uma força geológica que cria um desequilíbrio dinâmico, que, por sua vez, promove a diversidade da vida.
Mas foi James Lovelock que reuniu essas idéias na hipótese de Gaia em 1972. Em seu livro, ele as aperfeiçoa e amplia de maneiras novas e práticas.
...do Livro A vingança de Gaia.

Um comentário:

PanTaneira disse...

Vim agradecer sua visita, volte sempre, meu blog é novo ainda estou aprendendo a mecher.
Tenha um FDS maravilhoso.

PanTaneira